Medicina Tradicional Chinesa

Link para a tabela- OMS

A Medicina Tradicional Chinesa é uma prática milenar de diagnóstico clínico, de prevenção à saúde e de cura, que prova a sua validade clínica em todo o seu existir, explorando recursos disponíveis na natureza para atender as necessidades da saúde da população. Existem registros datados em 2674 a.c. (Imperador Amarelo- Huang Di), que descrevem a prática de desenvolvimento de diagnósticos clínicos e da utilização da acupuntura e de ervas para o combate de alguns males e doenças.

Durante toda a sua existência, a MTC foi se desenvolvendo e constituindo suas fundamentações e filosofia e mostra-se eficaz, independente da cultura, época e da variedade patológica. Da mesma forma que foi desenvolvendo sua filosofia e fundamentações ao longo de sua história, continua seu processo de adaptações às novas culturas que passam a adotá-la como prática terapêutica. Observa-se, também, forte influência que a Medicina Tradicional Chinesa passa a exercer nestas mesmas culturas com contribuições significativas e duradouras. Atualmente observamos este fenômeno de adaptação mútua na convivência da Medicina Ocidental com as Medicinas Tradicionais, tendo a Medicina Tradicional Chinesa, destaque significativo com contribuições preciosas, sobretudo no resgate da sabedoria e dos ensinamentos dos grandes mestres da antiguidade.

São várias as técnicas e modalidades que constituem a MTC- Medicina Tradicional Chinesa, sendo a Acupuntura Sistêmica a prática mais difundida. Contudo, encontramos a Moxibustão e a Ventosa-terapia, a Fitoterapia Chinesa e a Dieta de Alimentos como práticas que se complementam no tratamento clínico de cura, na prevenção de doenças e na promoção da longevidade.

Nas práticas corporais encontramos o “Tui-na”, que se traduz como “Amassar e Puxar”, prática de massagem e de manipulação corporal na promoção do tratamento de doenças. O “Do-In” e o “Shiatsu” são modalidades de manipulação e massagem originadas no “Tui-na”.

Pode-se também se atribuir o “Qi-Gong” como uma prática corporal, mas também incorpora o componente espiritual, pois além do uso do movimento rítmico e da meditação para se promover a educação energética, beneficia-se da Energia Cósmica.

Nas páginas do interior deste blog, procuraremos divulgar algumas das modalidades da Medicina Tradicional Chinesa, com intuito de oferecer informações e esclarecimentos.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.